REGULAMENTO SPRINT KART RACING 2018

CAPÍTULO I

DA INSCRIÇÃO

Art. 1º - Poderão participar do Campeonato Sprint Kart Racing (SKR), temporada 2018, quaisquer pessoas, desde que maiores de 18 (dezoito) anos, independentemente da cor, raça, sexo, religião, estado civil, condição financeira.

 

§ 1º - Também poderão participar, pessoas com idade igual ou superior a 14 (quatorze) anos, mediante autorização dos pais ou responsável e pela coordenação do Campeonato;

§ 2º - Pelo menos um dos responsáveis pelo menor deverá estar presente a cada etapa do campeonato, a fim de assinar o documento de autorização do kartódromo e realizar os demais procedimentos que o kartódromo exigir.

Art. 2º - A formalização da inscrição do piloto se dará pelo preenchimento do formulário de inscrição existente no site do grupo (www.skrkart.com.br) e pagamento de Taxa de Inscrição no valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais), até o dia 10/01/2018. Os dados para depósito serão informados ao piloto após a efetivação de sua inscrição pelo site. A confirmação de inscrição no campeonato somente se dará após o cumprimento das exigências acima e o envio do comprovante de depósito por parte do piloto interessado.

§ 1º - A taxa de inscrição, após devidamente paga, dá direito ao piloto inscrito a participar única e exclusivamente da temporada em que se inscreveu; o piloto também receberá a camiseta oficial do SKR da temporada 2018, que terá seu uso obrigatório em todas as 11 etapas 2018.

Art. 3º - O campeonato será anual, distribuído em 11 etapas.

Art. 4º - Serão abertas um total de 56 (cinquenta e seis) vagas para o campeonato, sendo 14 (catorze) vagas para cada uma das 4 (quatro) categorias estimadas, quais sejam: Diamante, Ouro, Prata e Bronze, condicionada ao número de participantes, observando-se que a divisão das categorias levará em conta o critério adotado abaixo. Correrão 2 (duas) categorias juntas numa só bateria ou 1 (uma) categoria por vez, a depender do kartódromo e do número de pilotos confirmados para a etapa.

§ 1º - Visando o maior equilíbrio possível entre todas as categorias e seus pilotos, procederemos a um chase nas 4 (quatro) primeiras etapas do campeonato (Chase), mediante a divisão por sorteio dos pilotos que comporão a 1. Bateria e a 2. Bateria. O sorteio será procedido 1 hora e 30 minutos antes do 1. horário agendado com o kartódromo. Nesta ocasião, todos os pilotos deverão estar presentes para saber em qual horário correrão. Também na 1. Etapa a organização procederá aos sorteios dos pilotos para as etapas seguintes, inclusive com a inclusão dos pilotos ausentes.

§ 2º - A premiação seguirá os mesmos padrões adotados para a premiação das demais etapas, ou seja, serão premiados os 5 (cinco) melhores pilotos de cada bateria, sem que se faça menção a qual categoria pertence;

§ 3º - A pontuação obtida nas 4 primeiras etapas, será levada para o restante do campeonato;

§ 4º - As categorias serão formadas de acordo com a média de pontos obtida pelo piloto, considerados seus dois melhores resultados do chase. Deverá o piloto, portanto, ter participado de, no mínimo, 2 (duas) etapas do chase, para poder participar da sequência do campeonato. Assim, será formada uma lista única, do maior pontuador ao menor pontuador. Esta lista será dividida por quatro, formando-se as categorias previstas no presente regulamento, conforme exemplo abaixo:

SUPOSIÇÃO DA PARTICIPAÇÃO DE 56 PILOTOS NA TEMPORADA

CATEGORIAS SKR 2018
DIAMANTE 1º ao 14º Colocados
OURO 15º ao 28º Colocados
PRATA 29º ao 43º Colocados
BRONZE 44º ao 56º Colocados

§ 5º - Havendo número de participantes que não viabilize a distribuição igualitária de pilotos por categoria, esse será colocado na categoria acima.

§ 6º - A formação das baterias por este meio será utilizado anualmente, observando-se o disposto no art. 32.

§ 7º - Atingido o número máximo de vagas, os excedentes formarão um cadastro cronológico de reserva de inscrição, que será utilizado como critério de preenchimento de vagas, caso haja desistências ou exclusões de pilotos inscritos no campeonato nos termos do presente regulamento.

Art. 5º - O piloto devidamente inscrito que acumular durante a temporada 3 (três) ausências, desde que não justificadas, poderá, a critério da organização, ser excluído do campeonato, liberando a vaga para novo piloto, considerando-se os cadastrados na lista de espera.

§ 1º - As justificativas deverão ser entregues aos organizadores do campeonato antes da etapa, excepcionados os casos onde o cumprimento da referida disposição seja inviável, ocasião na qual, na primeira oportunidade viável, deverá o piloto faltante comunicar a organização a respeito de sua ausência.

§ 2º - Poderá a organização, a seu critério, desconsiderar as justificativas apresentadas, quando entender que não são plausíveis.

Art. 6º - Poderá o piloto excluído do certame, participar das etapas na condição de CONVIDADO, desde que haja vaga disponível para compor a bateria e sejam cumpridos os requisitos exigidos para a referida situação.

Art. 7º - É expressamente proibida a entrada na pista, de qualquer pessoa que não seja piloto convocado para aquela bateria ou membro da diretoria, sob qualquer pretexto.

CAPÍTULO II

DAS PROVAS

Art. 8º - Serão realizadas 11 (onze) etapas na temporada do ano de 2018 que serão agendadas e publicadas nos grupos do facebook, whattsapp, instagram e na fanpage do campeonato e no site oficial do grupo: www.skrkart.com.br

§ 1º - As etapas serão agendadas preferencialmente para os kartódromos da Granja Viana (Cotia), Interlagos (São Paulo), Aldeia da Serra (Barueri) e San Marino (Paulínia).

§ 1º A – O calendário 2018 será divulgado oportunamente, podendo sofrer alterações.

§ 2º - As etapas ocorrerão entre os meses de fevereiro a dezembro.

 

§ 3º – No mês de janeiro e em finais de semana que não coincidam com etapas do campeonato, poderão ser realizados encontros com a livre participação de inscritos e não inscritos, como forma de integração e diversão entre todos os que desejarem participar. Estes encontros não valem ponto na temporada nem acarretam prejuízos aos ausentes.

Art. 9 - Os pagamentos das baterias agendadas deverão ser realizados por meio de depósito em conta bancária previamente informada aos pilotos participantes, observando-se que os referidos valores devem ser pagos até 10 (dez) dias antes da etapa. Somente serão confirmados os depósitos após envio pelos pilotos dos respectivos comprovantes.

§ 1º - A cada etapa será cobrado, além do valor da bateria, mais R$ 20,00 (vinte reais), que tem por finalidade o custeio dos troféus e outras despesas que surgirem.

§ 2º - Excepcionalmente, caso aprovado pela organização, será permitido pagamento fora do prazo estipulado no “caput”, observando-se que a dilação máxima do prazo, mesmo se admitida, será de 7 (sete) dias antes da etapa a ser realizada.

§ 3º - Caso o piloto perca o prazo para pagamento das etapas, deverá pagar mais R$ 10,00 (dez reais), além do valor previsto no §1º.

§ 4º - Passada a etapa seguinte sem que o piloto com crédito tenha se inscrito para correr, perderá o valor pago, salvo se comprovado problemas de saúde ou de ordem familiar, caso em que o dinheiro será imediatamente devolvido ao piloto.

Art. 10 – É livre a participação de convidados nas etapas do Sprint kart Racing, salvo se vedada pela organização e desde que haja vagas disponíveis, ressaltando-se que o piloto convidado também deverá pagar a taxa cobrada dos demais pilotos, que neste ano é de R$ 30,00 (trinta reais).

Parágrafo único: O piloto convidado não concorrerá ao sorteio de brindes, nem, tampouco, aos troféus, além de não ter seu resultado computado na disputa do campeonato. Poderá ser oferecido, todavia, medalhas ou troféus de participação aos convidados, como forma de incentivo ao ingresso no campeonato.

CAPÍTULO III

DO BRIEFING, PESAGEM E SORTEIO DOS kartS

Art. 11 - Os pilotos deverão chegar no local da prova, com, no máximo 45 (quarenta e cinco) minutos de antecedência, para os procedimentos de briefing, pesagem, sorteio dos karts e obtenção das demais informações, ressalvada a 1ª etapa, em que todos deverão chegar no local da prova com até 1 (uma) hora e 30 minutos de antecedência, para o sorteio inicial do chase. Para o briefing, todos os pilotos já deverão estar vestidos com toda a indumentária para a etapa e com o cadastro realizado junto ao kartódromo.

Art. 12 - Após a chamada, os pilotos passarão pelo:

I - Briefing;

II - Procedimentos de pesagem;

Art. 13 - Os procedimentos de pesagem e sorteio dos karts ocorrerão antes de cada etapa.

Art. 14 - Cada piloto deverá subir na balança com toda a indumentária e aguardar a liberação dos organizadores, a fim de que façam as devidas anotações.

§ 1º - O lastro terá por base o peso de 95 (noventa e cinco) kg, podendo o piloto utilizar lastro próprio, que deverá ser declarado com antecipação e também pesado para confirmação.

§ 2º - Em virtude da diferença quanto a complexidade física entre homens e mulheres, estas serão lastreadas tendo por base 85 (oitenta e cinco) quilos, quando, após o chase, classificarem-se para correr nas categorias Prata ou Bronze;

§ 3º - Durante o chase, não se aplica o disposto § 2º do Art. 15, de modo que todos serão lastreados tendo por base 95 (noventa e cinco) quilos.

 

§ 4º - Na data das etapas os karts serão sorteados previamente pela organização à vista dos interessados e mediante comunicação do horário do sorteio ao grupo. Os karts sorteados serão informados aos demais pilotos por ocasião do briefing e pesagem;

§ 5º - O peso máximo do lastro para cada piloto será de 25 (vinte e cinco) kg, ainda que esse valor seja insuficiente para alcançar o lastro base e desde que este limite seja permitido pelo kartódromo.

Art. 15 - Todos os pilotos passarão por pesagem e lastreamento antes da cada etapa, se o caso, sem qualquer distinção de gênero ou de categoria a que pertença.

Art. 16 – Cada piloto é responsável por seu lastro e será punido com 15 (quinze) segundos ao final da prova, caso seu kart seja encontrado sem a quantidade de lastro correto ou se o piloto não carregar consigo a quantidade de lastro declarada quando da pesagem, não havendo como responsabilizar os fiscais de pista e quaisquer outros por falha nesse sentido.

Art. 17 - Os pilotos somente deverão sair dos boxes para a tomada de tempo quando TODOS estiverem devidamente acomodados em seus karts e estes estiverem ligados.

Parágrafo único - Embora corram numa só bateria 2 (duas) categorias, a disputa limitar-se-á dentro da categoria a que pertence o piloto, com exceção do chase, em que não há divisão de categorias dentro de cada bateria ocorrida.

CAPÍTULO IV

DA FORMAÇÃO DO GRID DE LARGADA

Art. 18 - A formação do Grid de Largada será definida pela tomada de tempo de 5 (cinco) minutos, nas 4 (quatro) primeiras etapas da temporada.

§ 1º - A partir da 5ª Etapa, o grid de largada passa a ser invertido, considerada a classificação do piloto no campeonato;

§ 2º - Na hipótese de ausência do piloto na etapa anterior, este largará na última posição do grid;

§ 3º - A largada será parada;

§ 4º - Correndo 2 (duas) categorias na mesma bateria, estas serão separadas no grid para largadas independentes.

Art. 19 - É responsabilidade do piloto, informar possíveis irregularidades na formação do Grid, defeito do kart, motor apagado, falta de lastro, etc.

CAPÍTULO V

DA TROCA DE KARTS

Art. 20 - A troca de karts é livre nas etapas, entretanto, o piloto que desejar gozar deste direito, deverá, antes de fazê-la, abrir uma volta completa com o kart que foi sorteado, sob pena de perder 1 (um) ponto no resultado final da etapa.

 

§ 1º - Toda troca de kart, independentemente do motivo, deverá obedecer a sequência dos karts indicados pela organização;

 

§ 2º - Caso o kart sorteado ao piloto estiver em manutenção e/ou impossibilitado de sair dos boxes, não será considerado como troca e o piloto pegará o kart reserva sorteado na sequência, sempre junto ao corpo dos organizadores/colaboradores do campeonato;

§ 3º - Caso a troca de kart aconteça após o término da tomada de tempo (considerado este com a sinalização de bandeira vermelha ou luzes vermelhas na pista), o piloto largará obrigatoriamente na última colocação da sua categoria;

§ 4º - O procedimento previsto no § 3º se aplicará inclusive nas etapas em que há formação de grid invertido;

§ 5º - A partir do momento que os karts estiverem alinhados para a largada, e houver a necessidade de troca de kart, motivado por defeito, constatado pelo Diretor de Prova e/ou Fiscais, o piloto largará na posição obtida na tomada de tempo, de modo a não prejudicar qualquer piloto por falha mecânica à qual este não deu causa.

CAPÍTULO VI

DAS ADVERTÊNCIAS DISCIPLINARES

Art. 21 - São consideradas advertências disciplinares, toda e qualquer punição aplicada pelo Diretor de Provas durante as corridas. 

§ 1º - É soberana a decisão do Diretor de Provas para tomar as medidas necessárias durante o evento, para garantir a ordem e a integridade física dos pilotos.

§ 2º - A organização do Sprint kart Racing não se manifestará, nem alterará a qualquer punição aplicada pelo Diretor de Prova, acatando tal decisão, baseando-se nos relatórios emitidos pelo kartódromo.

§ 3º - A organização da Sprint kart Racing só acatará recursos contra a penalidade aplicada, com o relatório da corrida devidamente assinado pelo Diretor de Provas, mencionando a retificação da punição de forma clara e expressa.

CAPÍTULO VII

DAS APLICAÇÕES DE PENALIDADES

Art. 22 - Para cada sinalização de advertência disciplinar que o piloto receber do Diretor de Prova, sofrerá punição de 10 (dez) segundos, acrescidos no resultado final daquela corrida, salvo se a própria Direção de Prova atribuir outro tipo de punição diferente, o que será acatado, visto ser a Direção de Prova do kartódromo soberana nesse sentido.

Art. 23 – O piloto que sofrer penalização de Stop and Go, além da parada obrigatória, perderá 5 (cinco) pontos na etapa.

Art. 24 - Será desclassificado da corrida, ficando com a pontuação zerada, o piloto que:

I - Não utilizar o kart sorteado pela organização;

II - Efetuar qualquer alteração no kart que não seja regulagem da posição do banco;

III - Não utilizar o lastro determinado pela organização;

IV - Por determinação do Diretor de Provas.

Parágrafo único - O piloto que for desclassificado da prova também perderá, além dos pontos relativos à sua colocação, os de bonificação, porventura obtidos naquela prova.

Art. 25 – Largará na última posição do grid da corrida seguinte o piloto que acumular 2 (duas) punições disciplinares ao longo da temporada;

Parágrafo único - Após o cumprimento da penalidade, zera-se o quadro de pontuação de advertências, estando sujeito o infrator a novas imposições de penalidades.

CAPÍTULO VIII

DA PONTUAÇÃO

Art. 26 – Receberá o piloto, a pontuação equivalente à sua classificação de chegada ao final da prova, conforme o quadro de pontuação abaixo, devendo ser descontado as penalidades cometidas (advertências disciplinares):

Posição Pontos Posição Pontos
55 15º 31
50 16º 30
46 17º 29
43 18º 28
41 19º 27
40 20º 26
39 21º 25
38 22º 24
37 23º 23
10º 36 24º 22
11º 35 25º 21
12º 34 26º 20
13º 33 27º 19
14º 32 28º 18

Parágrafo único: Ao final da temporada será descartado os 2 (dois) piores resultados obtidos pelo piloto durante a temporada, entre as 11 etapas.

Art. 27 - Receberá 1 (um) ponto extra, o piloto que fizer a melhor volta da prova, a título de bonificação, que será somado a pontuação que obtiver na classificação final da corrida.

Art. 28 - Receberá 1 (um) ponto extra por etapa, o piloto que comparecer a etapa com a camiseta oficial do SKR da temporada 2018, que será somado na pontuação final de cada etapa. Pilotos que não estiverem trajados com a camiseta e/ou não estiverem com ela à mostra, não receberão o ponto extra de bonificação.

Art. 29 - Receberá 2 (dois) pontos extras, o piloto que comparecer nas 11 (onze) etapas do campeonato SKR 2018, que serão acrescidos a pontuação final do campeonato.

CAPÍTULO IX

DA PREMIAÇÃO DOS PILOTOS

Art. 30 - Findada cada etapa do “chase”, e sendo homologado o resultado pelo kartódromo, já com os devidos descontos referente às punições, os 5 (cinco) primeiros colocados de cada bateria subirão ao pódio, para receber seus troféus.

Art. 31 – Todos os pilotos que subirem ai pódio deverão estar vestidos com a camiseta oficial do SKR da temporada 2018 (à mostra), para recebimento da bonificação descrita no Art.29.

Parágrafo único: O piloto que se ausentar do pódio, por qualquer que seja o motivo, não receberá o ponto extra de bonificação.

Art. 32 – Assegurarão acesso para a categoria imediatamente superior na temporada seguinte os pilotos das categorias Ouro, Prata e Bronze que terminarem o campeonato como 1º e 2º (primeiro e segundo) colocados da temporada atual.

§ 1º - Os pilotos que já asseguraram acesso, participarão normalmente do chase, ocasião em que, se ao final desta fase atingirem média final superior a da nova categoria, ascenderão mais um nível (exemplo: da categoria Prata para a categoria Diamante).

Art. 33 - Será declarado campeão da temporada, dentro de sua categoria, o piloto que obtiver maior número de pontos, e em caso de empate na pontuação, será declarado campeão, o piloto que obtiver:

I - Maior número de vitórias;

II - Maior número de segundos lugares e assim sucessivamente, considerando todas as posições finais nas corridas;

III – Maior número de voltas mais rápidas.

Art. 34 - Serão premiados ao final de cada temporada os 3 (três) primeiros colocados de cada categoria.

Art. 35 – Como forma de incentivo aos pilotos para alcançar/permanecer na categoria Diamante, fica instituído ao Campeão da Categoria o troféu de Campeão do Ano, de natureza itinerante e que ficará em sua posse até o final da temporada seguinte, sendo devolvido à organização para premiação do novo campeão.

Parágrafo único: O troféu itinerante ficará em definitivo em posse do piloto Campeão quando este atingir 3 (três) títulos de campeão do Sprint kart Racing - Categoria Diamante (Categoria Principal).

 

CAPÍTULO X

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 36 - A emissão do relatório da corrida é de responsabilidade exclusiva do kartódromo, onde houver a competição.

Art. 37 - Apenas o Diretor de Provas poderá retificar qualquer informação do relatório de corridas, devendo, além da anotação, assinar o referido documento, e apor carimbo identificador do kartódromo.

Art. 38 - Nenhum participante, em tempo algum, poderá alegar o desconhecimento das regras contidas no presente regulamento.

Art. 39 - O presente regulamento poderá sofrer alterações em suas cláusulas e artigos, podendo tais alterações entrar em vigor na temporada atual, desde que visem a integridade física dos pilotos e que não afetem as tabelas de pontuação dos pilotos.

Art. 40 - Os casos omissos, serão julgados exclusivamente pelos organizadores do evento, podendo, a critério da diretoria do Sprint kart Racing, convocar pilotos para opinarem sobre a matéria.

SKR – SPRINT KART RACING